Juliana Wähner

 perfil

Bailarina contemporânea (formada em 2015 na Escola Técnica Angel Vianna), Designer (graduada em 2007 na Escola Profissional para comunicação/design e mode em Munique/ Alemanha) e ativa no universo das artes vivas, Juliana Wähner vem em sua trajetória explorando as questões do corpo e do erotismo. Tais questões são trabalhadas principalmente através dos movimentos, sensibilidade tátil e processos institivos da descoberta do corpo. Para alcanças novas formas e sentidos, a artista entre em estudos e processos de desapropriamento e ressignificados através de experimentos sobre limite, condições físicas e emocionais do corpo. Ela trabalha com meios como ações, videos, fotografia e artes plásticas como objetos e pinturas.

As questões de consistência orgânica como a pele, a carne, o interno, o visceral, a viscosidade de fluidos, o brilho natural da matéria que traz "o vivo". As marcas das pesquisas. As camadas. O corpo. O pintar é simplesmente o adicionar. Parece escultórico. Não é sobre a superficie. O que interessa é o atrito interno. O trabalho de consequências de micro movimentos de um todo. A regra da gravidade se perde. A técnica sempre surge na hora. O incomodo serve para abrir novos caminhos. O ver é o sentir.